Adeus papai

Adeus papai é uma história de todas as histórias da sua própria vida.

Vamos começar

Durante toda a minha vida, eu tive problemas sérios nos meus dias “vermelhos”, e sempre durante esses dias eu fui abatida por um sentimento forte de suicídio e uma dor na alma que somente ao dormir, que era alividaa, e infelizmente por diversos pesadelos.

Como qualquer pessoa que viveu a vida inteira, no piloto automático .

Eu nunca havia parado para pensar, que quase noventa por cento dos meus fracassos, estavam ligados diretamente em algumas situações drásticas da minha vida, quando eu estava na segunda e a na terceira infância.

Eu supliquei durante anos da minha vida, o amor dos outros, a atenção dos outros, e me apaguei ao vício de gostar de ser vítima, gostei de ser mau-tratada e acabei conformando-me com toda a carga cármica, que recebi, e vivi plenamente.

Na realidade não eram problemas de outras vidas, e muito menos meus darmas e sim era problemas, não resolvidos entre abandono e um mundo de horrores, em que fui jogada e sem direito de apresentações.

Foram tantas situações tristes, dias que não havia saída, não havia dinheiro, não havia comida e nem havia qualquer esperança de vida.

Isso tornou-se com o passar do tempo, um padrão em minha vida e acredito que muitas pessoas ainda vivem, sem saber e sem querer esse efeito do piloto automático.

Assim eu resolvi fazer vídeos, textos e até palestras entre amigos, para falar sobre nossas histórias sobre alguma história.

Deixe um comentário