Experiencias de Psicólogos

EXPERIÊNCIAS DE PSICÓLOGOS

Numerosas experiências realizadas por psicólogos e outros estudiosos em pessoas em estado hipnótico demonstraram que a mente subconsciente é incapaz de fazer seleções e comparações, necessárias a um processo de raciocínio.

Provaram também, repetidamente, que a mente subconsciente aceitará quaisquer sugestões, mesmo que sejam falsas. Tendo aceito uma sugestão qualquer, reage de acordo com a sua natureza.

Para ilustrar a submissão da mente subconsciente à sugestão, basta dizer que, se um hipnotizador experiente sugere a um dos seus pacientes que ele é’Napoleão Bonaparte ou mesmo um cachorro ou um gato, o paciente agirá da maneira como lhe foi sugerida com uma perfeição inimitável.

Sua personalidade passa a ser outra naquele momento.

Acredita ser realmente o que lhe foi sugerido.

Um hipnotizador hábil pode sugerir a um dos seus pacientes em estado hipnótico que suas costas estão coçando, a outro que seu nariz está sangrando, a outro que é uma estátua de mármore e a outro que se está enregelando porque a temperatura está abaixo de zero.

Cada qual agirá de acordo com a sugestão que lhe foi feita, totalmente alheio a tudo o que o cerca e que não pertence ao universo formado por sua idéia.

Esses exemplos simples retratam claramente a diferença entre sua mente consciente, racional, e sua mente subconsciente, que é impessoal, não-seletiva e que aceita como verdade qualquer coisa que a mente consciente acredite ser verdade.

Daí a importância de escolher pensamentos, idéias e premissas que favoreçam, curem, inspirem e encham sua alma de alegria.

OS TERMOS “MENTE OBJETIVA” E “SUBJETIVA” ESCLARECIDOS

Algumas vezes fala-se da mente consciente como a mente objetiva, porque ela lida com objetos do mundo exterior.

A mente objetiva toma conhecimento do mundo objetivo.

Os seus meios de observação são os cinco sentidos físicos.

A mente objetiva é seu guia e diretor nos contatos com o meio-ambiente.

Você adquire conhecimento através dos cinco sentidos.

A sua mente objetiva aprende através da observação, da experiência e da educação.

Como já ressaltei antes, a maior função da mente objetiva é a do raciocínio.

Suponha que você é um dos milhares de turistas que anualmente vão a Los Angeles.

Você chegaria à conclusão de que é uma bela cidade, baseando-se em sua observação dos parques, dos lindos jardins, dos edifícios imponentes e das atraentes residências.

É assim o funcionamento da sua mente objetiva.

Por outro lado, fala-se freqüentemente da mente subconsciente como a mente subjetiva. A mente subjetiva toma conhecimento do meio-ambiente por caminhos independentes dos cinco sentidos.

A mente subjetiva aprende por intuição.

a sede das suas emoções e o depósito de sua memória. A mente subjetiva realiza suas funções mais importantes quando os sentidos objetivos estão momentaneamente paralisados.

Em suma: é aquela inteligência e acuidade que se tornam manifestas quando a mente objetiva está parada ou em estado de sonolência.

A sua mente subjetiva enxerga sem a utilização dos órgãos naturais da visão.

Possui a capacidade de clarividência e clariaudiência.

Pode deixar o ‘seu corpo e viajar para terras distantes e trazer de volta informações geralmente exatas.

Através de sua mente subjetiva você pode ler o pensamento dos outros.

ler o conteúdo de envelopes fechados e saber o que existe dentro de cofres-fortes.

A sua mente subjetiva possui a habilidade de apreender os pensamentos dos outros sem a utilização dos meios comuns, objetivos, de comunicação.

da maior importância que compreendamos a interação das mentes objetiva e subjetiva a fim de aprender a erdadeira arte da oração:

 

Baixe e leia o livro O PODER DO SUBCONSCIENTE >>>> na integra <<<<<