Como seu subconsciente funciona

Como seu subconsciente funciona?
O SUBCONSCIENTE NÃO PODE RACIOCINAR COMO A MENTE CONSCIENTE

A sua mente subconsciente não pode argumentar. Portanto, se você lhe der sugestões erradas, ela as aceitará como verdadeiras e procederá para que se transformem em condicionamentos, experiências e ocorrências.

Todas as coisas que lhe aconteceram até hoje basearam-se em pensamentos impressos em sua mente subconsciente por meio da fé.

Se você transmitiu conceitos errôneos ao seu subconsciente, o método certo de superá-los é pela constante repetição de pensamentos construtivos e harmoniosos.

Seu subconsciente vai aceitá-los, formando assim hábitos novos e saudáveis de pensamento e vida, pois o subconsciente é a sede do hábito.

O pensamento normal de sua mente consciente cria marcas profundas na mente subconsciente. Isso lhe é bastante favorável, se seus pensamentos habituais são harmoniosos, construtivos e de paz.

Se você se entregou ao medo, à angústia e outras formas destrutivas de pensar, o remédio é reconhecer a onipotência da sua mente subconsciente e determinar que lhe venham a liberdade, a felicidade e a saúde perfeita.

Sua mente subconsciente, sendo criadora e de origem divina, tratará de proporcionar a liberdade e a felicidade que você tão sabiamente lhe determinou.

 

O TREMENDO PODER DA SUGESTÃO

Agora você já deve estar compreendendo que sua mente consciente é a “sentinela no portão”, sendo a sua função principal proteger a mente subconsciente de falsas impressões.

Deve também estar consciente de uma das leis básicas da mente : a mente subconsciente é submissa a qualquer sugestão. Como você sabe, a mente subconsciente não faz comparações nem contrastes, não raciocina nem pensa coisas por si própria.

Essa última função pertence à sua mente consciente. Limita-se a reagir às impressões que Lhe são dadas pela mente consciente. Não demonstra preferência por nenhum caminho a seguir.

O caso agora a ser narrado é um exemplo clássico do tremendo poder da sugestão.

Imagine que você se aproxima de um passageiro de olhar tímido a bordo de um navio e lhe diz algo neste estilo: Você parece muito doente.

Como está pálido. Estou certo de que vai enjoar. Deixe-me ajudá-lo a ir para seu camarote” O passageiro fica pálido. A sugestão de enjôo associa-se imediatamente com os seus próprios receios e pressentimentos.

Ele aceita sua ajuda para ir a seu camarote e lá a sua sugestão negativa, que foi aceita, se transforma em realidade.

 

REAÇÕES DIFERENTES à MESMA SUGESTÃO

É exato que pessoas diferentes reagirão de maneiras diferentes à mesma sugestão, por causa dos seus condicionamentos ou crenças subconscientes.

Por exemplo: se você se dirige a um marinheiro no navio e lhe diz em tom de simpatia: “Meu caro amigo, você parece muito doente. Não está passando mal? Tenho a impressão de que você vai enjoar”.

De acordo com seu temperamento, o marinheiro vai rir de sua “piada” ou vai ficar levemente irritado.

Neste exemplo, sua sugestão é para ouvidos surdos, pois ela se associa na mente do marinheiro com a sua própria imunidade ao enjôo. Portanto, não há medo nem preocupação e sim confiança em si próprio.

O dicionário informa que sugestão é o ato ou estado de colocar alguma coisa na mente de alguém, o processo mental pelo qual o pensamento ou idéia que se sugeriu é recebido, aceito e posto em ação.

Você deve sempre lembrar-se de que uma sugestão não pode impor à mente subconsciente algo que esteja contra a vontade da mente consciente.

Em outras palavras: sua mente consciente possui o poder de rejeitar a sugestão dada. No caso do marinheiro, por exemplo, ele não tinha medo de enjôo.

Convencera-se a si próprio de sua imunidade e a sugestão negativa não tivera o poder de transmitir-lhe medo.

A sugestão ao outro passageiro, no entanto, trouxe à tona o seu medo latente do enjôo. Cada um de nós possui os seus próprios medos interiores, crenças e opiniões e essas premissas interiores regem e governam as nossas vidas.

Uma sugestão não possui nenhum poder intrínseco e de nada é capaz enquanto você não a aceita mentalmente.

Isso faz com que seus poderes subconscientes fluam num caminho limitado e restrito, de acordo com a natureza da sugestão.

Baixe e leia o livro O PODER DO SUBCONSCIENTE >>>> na integra <<<<<